O fabricante de automóveis DR está ganhando destaque no mercado automotivo global. Estamos falando da marca italiana fundada em 2006 por Massimo Di Risio, ex-concessionário Fiat, e que recentemente tem visto um crescimento notável dos seus números de mercado.

A montadora DR nasceu com a aquisição da licença de rebranding de carros baratos de marcas chinesas. Inicialmente, a marca trouxe carros ao mercado Chery e posteriormente celebrou acordos com JAC e BAIC. Isto permitiu o lançamento de diversos modelos, como os da gama Evo nível de entrada, Equipamento esportivo e Ickx.

Desta forma a DR chegou ao top 20 das marcas italianas em 2023, período em que vendeu 32.650 carros novos por uma quota de mercado de 2,1%. O ano passado crescimento anual atestou 193% e marcou o sucesso da marca.

A marca oferece atualmente 17 modelos diferentes no mercado, entre sedãs, crossovers e SUVs. Em termos de potência, encontramos veículos a combustão, veículos bicombustíveis com GPL mas também híbridos plug-in e bateria elétrica.

A nova fronteira para a RD consiste na recente acordo feito com Osca, uma marca de carros esportivos criada por Irmãos Maserati em 1947, da qual deverão derivar outras inovações no mercado de DR. Embora nenhum detalhe oficial tenha sido relatado sobre o assunto.

Paralelamente, a DR também iniciou um processo de expansão de sua linha de produção, implementando também sites para produção de carros elétricos. Atualmente a capacidade anual gira em torno 50.000 veículos.

Em tudo isto, a RD também enfrenta uma investigação antitruste, que se baseia na disputa pela origem da produção. Na verdade, não seria claro se a DR produz os seus automóveis Na Itália como sugere o material compartilhado no mercado, ou se os carros vêm produzido inteiramente na China.