Ou 2023 foi um ano importante para smartphones dobráveis, especialmente porque vimos modelos completamente novos, como Dobra de pixels do Google, equipado com o processador Tensor G2. Nesse sentido, vazaram recentemente alguns rumores sobre a segunda geração do folheto assinado pela gigante de Mountain View.

Em particular, o Pixel Fold 2 teria sido testado internamente nos últimos dois meses e parece que até foi equipado com o Tensor G4 (nome de código zumapro) e não com Tensor G3 (como aconteceu em testes anteriores). Portanto, caso o Google decida mudar seu rumo no chip, é provável que também possa alterar a data de lançamento do aparelho. Nesse sentido, foi dito que o Pixel Fold 2 está no início da fase de Teste de Validação de Engenharia (EVT), portanto é bastante improvável que estreie a tempo do lançamento tudo’I/O 2024 previsto para o mês de maggio.

De qualquer forma, o novo processador Tensor G4 deverá apresentar uma mistura de núcleos de CPU Cortex-X4, A720 e A520 da Arm. Também há rumores de que o chipset é fabricado pela Samsung e não de TSMC mesmo que o Google esteja pensando em mudar para a TSMC para a criação do Tensor G5.

Além disso, segundo rumores, o Pixel Fold 2 poderia ter 16 GB de RAM LPDDR5 e 256 GB de armazenamento UFS 4.0. Nesse sentido, o aumento na quantidade de RAM em relação ao primeiro modelo faria sentido, já que a empresa pensa em implementar mais recursos de inteligência artificial no aparelho. Por fim, a memória interna do UFS 4.0 deve reduzir o tempo necessário para carregar arquivos: tudo isso seria uma vantagem para muitas atividades, a começar pelo carregamento de apps e jogos.