Vamos voltar a falar sobre o que será uma Revolução no mundo dos videogames, principalmente no que diz respeito ao conteúdo do console. Vamos falar sobre a decisão histórica da Microsoft de levar os jogos até agora exclusivamente do Xbox para outras plataformas.

Nas últimas horas a beira recebeu novos detalhes sobre este definitivamente um movimento importante pela Microsoft. A gigante de Redmond agora parece determinada a trazer alguns dos títulos que antes eram exclusivos do Xbox também no PS5 e Nintendo Switch.

Até agora falamos apenas sobre PS5 e Nintendo Switch, mas não está excluído que os títulos não chegam também em outras plataformas jogos populares. Graças aos detalhes relatados por fontes do The Verge, também temos uma imagem mais clara de quais jogos eles chegarão no PS5 e no Nintendo Switch.

A princípio eles deveriam chegar Corrida de alta fidelidade e Arrependimento. Numa data posterior, que deverá cair até ao final deste ano, deverá chegar também Mar de Ladrões.

Os rumores que surgiram online até agora indicam que alguns títulos da Bethesda, como Campo Estelar e Indiana Jones.

Como salientamos na primeira vez que falamos sobre isso, é um estratégia completamente nova para a Microsoft, que provavelmente pretende aumentar a receita dos títulos que até agora distribuiu exclusivamente no Xbox.

E por trás dessa estratégia poderia haver mais. A Microsoft está lidando com um crescimento moderado do Xbox Game Pass em termos de assinantes. Em maio de 2022, a empresa informou que queria chegar a i 100 milhões de assinantes até 2030, quando tinha acabado de chegar aos 25. Quase dois anos depois, a Microsoft já não comunicou os seus objetivos em termos de número de assinantes do Game Pass, mas os analistas estimam que deverão rondar cerca de 33 milhões.

Em essência, O Game Pass ficou lento e provavelmente não atingirá as metas estabelecidas pela Microsoft.

Isso deu origem a deuses descontentamento interno à Microsoft, que foram descobertas em algumas conversas internas entre executivos, em e-mails tornados públicos durante o caso da FTC contra a Microsoft.

Além disso, a Microsoft também precisa abordar o problema compensação por um grande investimentocomo aquele que levou à aquisição de Nevasca da Activision. E, ao mesmo tempo, ele não vê boas perspectivas no segmento móvel, onde inicialmente esperava explorar a onda de Lei dos Mercados Digitais desejado pela União Europeia para lançar um armazenamento de conteúdo transversal. Os novos planos da Apple precisamente em termos de adaptação das lojas, poderão ofuscar as notícias que a Microsoft tem em mente.

Somando todos esses fatores, entendemos o cenário da Microsoft Não é fácil, principalmente se o objetivo for reembolsar os investimentos realizados recentemente no setor de videogames. E então a ideia de trazer jogos do Xbox para PS5 e Nintendo Switch poderia ser parte da solução ou talvez não?